Airlines, Aviação Comercial, Destaque

CEO da Qatar Airways pede à OACI que declare o bloqueio ilegal


Em comunicado recente, a companhia aérea assegurou que suas operações globais para/desde o seu hub em Doha estão se realizando com total normalidade, e a grande maioria dos voos opera conforme o programado.

Durante a semana passada, a companhia aérea, em plena expansão de rotas, realizou cerca de 1.200 voos de Doha para mais de 150 destinos da sua rede em todo o mundo, e 90% destes voos saíram dentro dos 15 minutos da hora de saída programada.

O CEO do Grupo Qatar Airways, Sr. Akbar Al Baker, afirma: “As operações globais da Qatar Airways continuam funcionando com normalidade, e a grande maioria da nossa rede não foi afetada pelas circunstâncias atuais. Nosso objetivo é apoiar os passageiros afetados pela situação atual e garantir a continuidade do nosso premiado e reconhecido serviço. Nossa expansão de novas rotas continua com a abertura de novos destinos, a serem lançados no próximo mês. Quanto a nós, nosso serviço continua sendo oferecido com total normalidade”.

E acrescentou: “Trata-se de um bloqueio sem precedentes, uma violação direta da convenção que garante os direitos da aviação civil. Fazemos um apelo à Organização da Aviação Civil Internacional (OACI) para que declare esta situação ilegal. Não somos um órgão político, somos uma companhia aérea, e este bloqueio nos privou de direitos que nos são garantidos”.

Nesse contexto, a Qatar Airways aumentou significativamente a atividade do call center global e das redes sociais para garantir que os clientes interessados recebam o melhor atendimento possível. Inclusive estendeu sua política comercial para garantir uma maior flexibilidade de reembolsos e alterações nas reservas, no caso dos passageiros afetados pelas últimas proibições. A companhia aérea também introduziu uma nova funcionalidade no Facebook, para oferecer aos clientes opções flexíveis no atendimento das chamadas. A aérea é amplamente reconhecida por oferecer o melhor serviço do mundo. Atualmente, conta com o prêmio de “Melhor Serviço de Pessoal do Oriente Médio”, obtido pelos votos dos passageiros na última edição dos prêmios Skytrax.