Indústria

Boeing bate recorde de entregas em 2017

Em 2017, pelo sexto ano consecutivo, a Boeing entregou mais aviões comerciais do que qualquer outro fabricante e bateu o recorde do setor, com 763 entregas, impulsadas pela alta produção dos modelos 737 e 787. Ao mesmo tempo, a empresa ampliou sua carteira com 912 pedidos líquidos, o que reflete o bom estado da demanda por seus aviões de corredor único e de corredor duplo.
A Boeing alcançou um novo recorde com o programa 737, já que conseguiu elevar a produção mensal para 47 aviões durante 2017, e começou a entregar o novo 737 MAX, que contribuiu para o recorde de 529 entregas, incluindo 74 aviões do modelo MAX. No programa 787 Dreamliner, a Boeing manteve o mais alto ritmo de produção já alcançado na fabricação de um avião de corredor duplo, com 136 entregas no ano.
Quanto aos pedidos, 71 clientes registraram 912 pedidos brutos, avaliados em US$ 134,8 bilhões a preços de catálogo. Este total amplia a carteira de pedidos da Boeing até o número recorde de 5.864 aviões (ao fechamento do ano fiscal), equivalendo a uns sete anos de produção.