Aeroportos

Infraero promove 5ª edição da Campanha Livro Viajante no Val-de-Cans

 

Em homenagem ao Dia do Livro, a Infraero promove, a partir deste sábado, 28 de outubro, a 5ª edição da campanha Livro Viajante no Aeroporto Internacional de Belém/Val-de-Cans (PA). Cerca de 1500 livros, identificados com o selo da campanha, estarão à disposição dos passageiros até o dia 5 de novembro, podendo ser encontrados nas salas de embarque.

 

O Livro Viajante, ação realizada pela Infraero desde 2013, surgiu a partir do BookCrossing, nos Estados Unidos, em 2004, e pode ser definido como a prática de deixar um livro num local público, para que outras pessoas o encontrem, leiam e voltem a liberá-lo.

 

Desde o primeiro ano, a ação é bem recebida e elogiada pelos passageiros. «A reação das pessoas que estavam nos aeroportos e pararam para pegar um livro foi bastante positiva. Alguns passageiros se espantavam ao saber que os livros eram gratuitos e que elas podiam leva-los em suas viagens. Nosso único pedido aos que levavam os livros era que, após a leitura, eles os disponibilizassem para que outras pessoas pudessem ler», explica Odilene Amazonas, empregada da Infraero e uma das responsáveis pela iniciativa no Aeroporto Internacional de Belém.

 

A iniciativa, que tem o objetivo de estimular o hábito de leitura, conta com parceria da Imprensa Oficial do Estado do Pará, por meio do projeto Livro Solidário. «A Imprensa Oficial do Estado se sente honrada em participar mais uma vez do projeto Livro Viajante, pois é uma forma de incentivar e aumentar o número de leitores. O projeto Livro Solidário que coordenamos está doando cerca de 500 livros de autores paraenses que vão ser lidos por pessoas de todo o Brasil. Isso é muito gratificante», pontua o presidente da Imprensa Oficial do Estado, Cláudio Rocha.