Aviação Comercial

Tráfego de passageiros na América Latina e no Caribe diminui 82,7% em agosto

Os dados do relatório de tráfego de passageiros da ALTA apontam que agosto foi o mês de maior tráfego de passageiros na América Latina e no Caribe desde o início da pandemia da Covid-19, o que corresponde à leve recuperação que o setor vem registrando na região desde julho.

Concretamente, 6,35 milhões de passageiros viajaram de e para a região durante o mês de agosto, chegando a 118,7 milhões de passageiros transportados na região no acumulado de janeiro a agosto. Esse número de passageiros representa uma redução de 59,5% no tráfego de passageiros.

Neste contexto, o tráfego doméstico da região representou 83% do total, tendo os mercados do Brasil e do México apresentado alguma recuperação face aos níveis de 2019.

No México, o tráfego doméstico diminuiu 55,5% e no Brasil, 72%. Isso marca uma clara tendência de recuperação nos dois mercados mais importantes da região que, embora ainda estejam longe dos níveis de 2019, vêm apresentando uma queda menor mês a mês.