Aviação Comercial, Destaque

Azul Conecta completa seis meses de operação em Serra Talhada e Caruaru, em Pernambuco

Em 11 de novembro do ano passado, moradores do Sertão e do Agreste de Pernambuco presenciavam, pela primeira vez, um pouso de uma aeronave da Azul Conecta em Serra Talhada e Caruaru. Nesta terça (11), a empresa completa seis meses de presença nos destinos pernambucanos e celebra o sucesso da operação, projetando novas possibilidades de incremento na malha de voos das cidades.

“Inauguramos as bases de Serra e Caruaru em meio a um ano extremamente desafiador para o setor aéreo graças à diversidade de nossa frota e à flexibilidade de nossa malha. Os dois destinos pernambucanos eram uma aposta da Azul para deixar o nosso centro de conexões do Recife ainda mais conectado e temos visto uma importante consolidação dessas rotas. Estamos acompanhando o desenvolvimento destes mercados na expectativa de poder operar com aviões maiores, ofertando mais opções aos nossos Clientes do Sertão e do Agreste do estado que precisam se conectar não só com a capital como todas as regiões do Brasil”, destaca Marcelo Bento Ribeiro, diretor de relações institucionais da Azul.

Os planos de expansão da Azul preveem um voo direto de Caruaru para o Sudeste do país com os aviões da Embraer, que podem transportar até 136 Clientes. A companhia também deseja aumentar a oferta de assentos nas ligações entre Recife e Serra Talhada, operando para o Sertão Pernambucano com as aeronaves modelo ATR 72-600, de 70 lugares. A execução dessas mudanças, no entanto, depende de melhorias na infraestrutura dos aeroportos das duas cidades.

Balanço da operação
De 11 de novembro até 30 de abril, a Azul Conecta já transportou mais de cinco mil Clientes entre o Recife e Serra Talhada e Caruaru. Para cumprir essas ligações, os aviões Cessna Gran Caravan, com capacidade para nove Clientes, já voaram mais de 818 horas em voos diretos e regulares para a capital pernambucana.

No Recife, os Clientes da Azul Conecta que voam desde Caruaru e Serra Talhada têm a possibilidade de se conectar para todas as capitais do Nordeste, Norte e Sudeste, além de Juazeiro do Norte, Petrolina, Brasília e Campinas, por exemplo.